O Parque Augusta é a nova praia do paulistano!

Um valioso e verdadeiro oásis surgiu no centro da capital paulista: o Parque Augusta–Prefeito Bruno Covas!

Localizado no quarteirão entre as Ruas Augusta, Caio Prado e Marquês de Paranaguá, o parque tornou-se uma realidade depois de muita luta da população e do vereador Aurélio Nomura, que travaram uma longa batalha contra a construção de dois grandes empreendimentos imobiliários no local, que acabariam com a última área verde em pleno centro de São Paulo e que abriga remanescentes da Mata Atlântica.

É possível aproveitar o parque nas diversas formas. O local é perfeito para você relaxar, aproveitar com a galera, com a família e também com seu pet! Dentre as atividades disponíveis, há opções para quem quer realizar atividades físicas, caminhar pelo preservado bosque, ou levar as crianças para brincar no playground. O seu pet com certeza irá amar o cachorródromo do parque. Para quem busca sossego, o redário e a bela área livre são ótimos para o descanso e uma boa leitura. Tudo isso rodeado de sombras frescas e ao som do canto dos pássaros.

O Parque Augusta preservou ainda a construção do antigo colégio particular feminino Des Oiseaux, respeitando o local histórico em que ele se encontra. Esse mais novo espaço de lazer de São Paulo também possui segurança, garantindo tranquilidade aos frequentadores.

Vale lembrar que, bicicletas, skates, patinetes e patins são proibidos no parque, assim como empinar pipas, usar churrasqueiras portáteis e fazer fogueiras. Os equipamentos do playground não podem ser utilizados por maiores de 10 anos. Medidas essas que foram adotadas para o bem coletivo.

Vale a pena no Parque Augusta!
  • Usar os equipamentos de ginástica para se exercitar;
  • Utilizar os parquinhos infantis (playgrounds) para as crianças brincarem, onde existem vários equipamentos para tal;
  • Levar seus cães ao estruturado cachorródromo implantado no local;
  • Usar o redário disponível para descansar ou curtir uma boa leitura;
  • Utilizar a área específica para praticar o slackline;
  • Refastelar-se na boa área gramada, em meio aos fragmentos das ruínas do outrora Colégio Des Oiseaux;
  • Percorrer as trilhas existentes, observando a vegetação que as rodeiam e
  • Ouvir o cantar de aves nas proximidades dos fragmentos da Mata Atlântica presentes no parque. 
Como chegar ao Parque Augusta

Ônibus:

107T-10 – Metrô Tucuruvi / Terminal Pinheiros; 

N307-11 – Terminal Parque Dom Pedro II / Terminal Pinheiros; 

7181-10 – Cidade Universitária / Terminal Princesa Isabel; 

908T-10 – Terminal Parque Dom Pedro II / Butantã e 

930P-10 – Terminal Parque Dom Pedro II / Terminal Pinheiros.

Metrô:
O parque está a cerca de 800 m (6 min a pé) da Estação Higienópolis-Mackenzie, linha 4 amarela. Para saber outras linhas de ônibus, fornecendo origem e destino, acesse o site da Sptrans: https://www.sptrans.com.br/

Carro:
Trace seu roteiro utilizando o link: https://bit.ly/parqueaugustatrajeto

Há poucas vagas de zona azul para estacionar veículos na Rua Marquês de Paranaguá, porém há estacionamentos pagos na região. No entanto, para ir ao parque, prefira o transporte público que tem várias opções conforme acima mencionado.

Como realizar um show no Parque Augusta?

Para realizar um show, peça de teatro ou qualquer apresentação no Parque Augusta, é necessário acessar o seguinte link para solicitação do alvará: https://bit.ly/informacoesshow

Através do mesmo, você encontrará todas as informações necessárias como documentos e preços variáveis para que seu evento aconteça!

FONTES: CATRACA LIVRE E ÁREAS VERDES DA CIDADE.

O Parque Augusta é a nova praia do paulistano!
Rolar para o topo